quarta-feira, 16 de junho de 2010

Cultura - Um conceito antropológico.


Terminei de ler o livro "Cultura - Um conceito antropológico", do Roque de Barros Laraia. (23ª. Edição Zahar Editora, 2009). Trata-se de um estudo que apresenta o conceito de cultura com a ótica da antropologia. O autor passeia pelo surgimento do termo "culture" nos envolvendo com sua análise inteligente, contruída com o pensamento de diversos autores, ao longo do tempo e a repeito das mais diversas culturas.

Antropologia... Tenho me aproximando bastante desta ciência, que me desperta cada vez mais interesse. Ela me ensina a olhar e, mais do que isto, a educar os olhos para ver além das aparências e sem o crivo das minhas próprias opiniões, formadas pelo meu ambiente externo, o que não me faz melhor ou pior diante de outras culturas, outros modos de pensar a agir a vida.

Lembrei-me de um grande mestre, Denilson Botelho, e de suas aulas de Antropologia, na faculdade de jornalismo. Ensinava como poucos sobre a educação deste olhar observador, mas não julgador. Exercício diário, a compreensão do outro tem passado por mim constantemente. Passaram por mim, também, os versos de Diego Fernandes na letra de sua canção Ser diferente. Na poesia, o artista retrata bem estes conceitos como sua própria forma de viver e não classificar os outros:
"Eu tenho que ser diferente,
E preciso ser eu mesmo também.
Amar sem preconceitos,
Viver os meus preceitos,
E não rotular ninguém".
Quanto ao livro, fica aqui uma boa dica de leitura. Não pretendi e não escrevi um ensaio, resumo ou paráfrase sobre a obra de Laraia. Muitos já o fizeram e, caso seja isto o que o nobre leitor procura, São Google lhe indicará o caminho. Aqui, deixo minhas impressões pessoais e o que a leitura provocou em mim. 
De linguagem fluente, quase dialogal, o autor nos leva a um passeio interessante. Leitura útil para todas as áreas de estudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!