terça-feira, 7 de setembro de 2010

Caso de polícia: a universal ineficiência em teleatendimento.

Quem poderá nos "entender"?
Um amigo relata sua história absurda, trágica e cômica, como quase tudo que lhe acontecia. Fato verídico mesmo era o medo que tínhamos de convidá-lo para eventos, festas ou reuniões de boteco mesmo. Sempre acontecia algo. Creditávamos ao magrelo Thiaguinho.  Narrava ele:
Pode parecer ridículo, mas logo após ter sido assaltado liguei para o 190 e disse que queria informar o acontecido, e por mais incrível que possa parecer seguiu-se
o seguinte diálogo:

Policial: - O que está havendo?
Eu: - Queria informar que fui assaltado na rua.
Policial: - Como?
Eu: - Acabo de ser assaltado.

Policial: - Mas você está sendo assaltado nesse momento?
Tive que me manter quieto para não rir.

Já eu não conseguiria tanto. Daria uma gargalhada das minhas, sonoras e prolongadas, repondendo:

- "Deixa prá lá. Vou tentar ligar prá Liga da Justiça ou pro Chapolin".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!