quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Máquina vende água suja por US$ 1

Uma boa ideia, de implementação barata e que atingiu em cheio o objetivo da comunicação. Leia para entender. 


Há oito diferentes sabores da bebida: malária, dengue, hepatite, febre amarela e outras doenças
 
Bebeu água? Tá com sede?

Uma máquina que vende comidas e refrigerantes tem causado espanto nas ruas de Nova York.
Diferente das iguarias comuns, esta vending machine vende água suja por US$ 1. E, como não bastasse, ainda há oito sabores para se escolher, como málaria, dengue, febre amarela e outros.

Trata-se de uma estratégia do fundo das Nações Unidas para a infância (Unicef) para mostrar como milhões de pessoas em todo o mundo sofrem as conseqüências de beber água contaminada diariamente devido a falta de acesso a água potável.

A ideia da campanha foi da agência de publicidade americana, Casanova Pendrill, que resolveu reciclar uma antiga máquina e colocar garrafas de água misturadas com areia e tintas para chamar a atenção das pessoas que passaram pelas ruas. Segundo a agência, não houve nenhum investimento para a criação desta campanha.

A máquina serve para fazer doações para o fundo e está causando bons efeitos. Já foram registradas mais de 7.500 contribuições, fora as doações por SMS e pelo site da entidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!