quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Debaixo do bigode do Sarney, a aprovação da PEC dos Jornalistas

Por um folgado placar (65 x 7) foi finalmente aprovada a hoje, no Senado, a PEC 33/09, de autoria do Senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), que estava há três semanas na pauta de votação da Casa. Desde 2009 o Supremo Tribunal Federal (STF)  havia derrubado a exigência do diploma de curso superior para o exercício da profissão de jornalista. Coisa do cão do Gilmar Mendes, que deve estar revirando os olhos neste momento. 


Entre os que votaram “Não” à PEC, estão os senadores Fernando Collor de Melo (PTB), Aloísio Nunes (PSDB), Demóstenes Torres (DEM), Kátia Abreu (PSD) e Renan Calheiros (PMDB). Alguma surpresa com este elenco?


Cumprindo formalidades, a Proposta precisa passar por uma segunda votação, mas o resultado esperado é que o placar não se altere e, caso ocorra, continue com a aprovação. 


Mamãe já vai poder voltar a falar que o filho dela tem profissão de ensino superior e tirar onda com as amigas: 


-"Meu filho é jornalista, sabe". 

- "É mesmo"? - interpela uma amiga. 

- "É, agora posso falar, né? O Diploma dele validou debaixo do bigode do Sarney". 

- "Ué, diploma... Que 'mané' diploma"? A vizinha que vinha passando vai logo se metendo na história.

- "De Jornalismo, oras"! - responde, sem paciência, mamãe.

-"Ih, menina, o meu também é jornalista. 'Cabô' de ser formar". 

-"É, mas ele não é novo demais para já ter acabado a faculdade"? - diria, enfurecida, mamãe.


- "Que faculdade, formou no secundário. Já tem até emprego num jornal".
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!