quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Política: o direito de resposta está além das redes sociais.

Sinto informar, mas, infelizmente, urna eletrônica não é interligada ao Facebook e nem tem aplicativo para fazer com que as opiniões ali expressadas se reflitam em mudança do quadro político nas esferas municipal, estadual ou nacional, em qualquer que seja o poder.

Por isto mesmo CORDEIRENSES, transformem a revolta com o gasto de quase 400 mil reais na reforma de praça em um movimento social cada vez mais sério, crítico, politizado e FORA das redes sociais também!

Reclamações no Facebook são importantes, provocam o debate - que deve ser embasado e saudável -, mas é nas urnas e nas ruas que se corrige - ou tenta corrigir - isto. Que continuem as críticas e os debates, que, sinceramente, deveriam tomar mais espaço nos murais do que assuntos tolos e imagens engraçadas (?) ou comoventes (???) de fetos abortados ou animais maltratados.

Porém, vamos fazer uso deste momento de catarse e direcionar as ideias. Exerçamos o direito particular de opinar, de concordar ou discordar e o coletivo de nos organizarmos e darmos uma resposta.  E esta começa em qualquer lugar, virtual ou não, porém só pode ser concretizada em mudança com o VOTO consciente e com o monitoramento das ações políticas dos governantes que elegemos.

Que a discussão não se perca e o mal uso do nosso dinheiro não seja esquecido ou trocado por shows badalados na Exposição Agropecuária, evento que normalmente ganha um "plus" em ano de eleição, assim como ruas de acesso ao bairro Lavrinhas, que recebem asfaltos que duram menos do que as promessas feitas em comícios. 
Verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Município: quase 400 mil reais
gastos em uma reforma de praça em Cordeiro, município da região Centro Norte Fluminense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!