terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Nós gatos já nascemos pobres...

Propaganda de Whiskas me faz refletir... Vejo aquele bife virando comida de bichanos e penso no desmatamento para criar o gado que, no fim vai produzir carne para engordar os gatinhos. No que destruímos para sustentar este sistema. Eu chego a pensar que tem mais proteína animal na alimentação dos gatos e cães de estimação do que no prato da maioria das famílias do mundo afora.

E quer saber? Mentirada total. É um mix de miúdos bovinos, suínos e de aves ali vendidos a preço de ouro e ilustrados como puro filé. Chega a ser desrespeitoso, sem ética e mal educado. É quase como vender um carro popular prometendo conforto e segurança de um Rolls Royce. 


Não que eu ache que deveria mesmo ser de carne de primeira a alimentação dos felinos domésticos. Mas me dá um embrulho mental e estomacal ver a imagem daquele bife que eu facilmente comeria simplesmente sendo tratado como comida de animal de estimação.

Tv de cachorro.
(Ilustração: Caco Galhardo
O mundo pirou mesmo. Antes os cães viam frangos que alimentariam seres humanos a girar em fornos e salivavam, sonhando com uma coxa suculenta. Hoje, deve ter muito humano com fome parando diante da TV e sonhando com o bife que vira Whiskas no comercial e pensando: "bem que eu podia ser um gato de estimação de alguma madame."

Passada a era da televisão de cachorro, hoje são seres humanos que salivam pela comida que não deveria, mas é destinada aos bichos.


Mais do que uma produção responsável, falta uma comunicação consciente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!