segunda-feira, 19 de março de 2012

Rotina

A rotina dos meus olhos
Dia após dia tem buscado
A luz que de ti transpassa,
Da cor de ti ser iluminado.

A rotina dos meus dias
Nas repetições do feito,
Vê as horas passando
Clamam o encontro perfeito.

A menina dos meus olhos
Perdeu-se em vazio...
Doeu de saudade, chorando,
Em barulho qua o mar bravio.

E  cheiro teu que me invade,
Teu tom refletido em minha córnea
Toma de assalto, deleite,
Luz e perfume em esbórnia.


Um comentário:

Diz aí!