quinta-feira, 17 de maio de 2012

Homenagem

Eu queria homenagear um colega que (ainda) não conheço pessoalmente, mas que aprendi a admirar. É uma forma de retribuir a felicidade que tive ao ter meu humilde poema musicado por este artista.

Então, bolei estes versinhos com um pouco da história do Rafael Lima e de sua esposa até a chegada do Gabriel, filhinho recém chegado do casal.

Então é isto. Eis minha singela homenagem ao papai do Gabriel. 


Perfume de céu,
Me veio assim...
Anjo Gabriel
Chegou para mim.

Disseram-nos: - "Não"!
Tentaram barrar,
Mas Deus disse: - "Sim"
E nada O pôde parar.

Pois quando Ele quer
A graça de faz.
Este filho em meu colo
É o retrato da paz.

Meigo menino,
Visita de Deus,
Que hoje abençoa e
Faz carinho nos seus.

Meu lar é do Pai
Que por nós tudo faz.
Ele disse-me: -"Vai,
Não olhe para traz".

As cores do céu
Vieram até nós.
Anjo Gabriel
Já não estamos sós.

Já era em nós
Antes de existir.
Gerado na graça
Fez promessa se cumprir.

Seu eu choro de amor,
É pro mundo saber:
Que ser pai é um presente
Que não posso esconder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí!